23 °C São Paulo, BR
6 de maio de 2021

Honda Africa Twin bate recorde de altitude

Um ano depois de seu tão esperado e extremamente bem sucedido retorno ao line-up de motocicletas da Honda, a África Twin alcançou novas alturas, quebrando o recorde de altitude mais alta alcançada por uma motocicleta de dois cilindros.

O cenário deste registro foi o vulcão ativo o mais elevado do mundo, o Nevado Ojos del Salado – situado entre Argentina e Chile – em cujas encostas uma equipe de cinco pilotos conduziu as motos para um recorde de 5.965 metros acima do nível do mar. Fabio Mossini, campeão de enduro da Honda América do Sul foi o homem escolhido para alcançar este novo marco, antes que novos progressos fossem interrompidos por 2 metros de neve.

Depois de cinco dias de aclimatação, e pilotando a África Twin padrão equipadas com escape Termignoni, pinhões final revisados, novos pneus Metzeler MC360TM e uma gama de acessórios originais da Honda, a equipe internacional completou sua ascensão dentro de 24 horas. Sua rota levou-os a enfrentar temperaturas tão baixas quanto -5°C, pilotando através de asfalto quebrado, cascalho, lama, areia e finalmente trechos de bolsões de gelo, conhecidos como “los penitentes”, ressaltando mais uma vez as qualidades da África Twin como detentora do melhor desempenho off-road entre as motocicletas em sua categoria.

Fonte: Honda
Tradução livre: Equipe TNE

VEJAM MAIS FOTO AQUI

[foogallery id=”2176″]

Artigos Interessantes

Sorte na estrada: por que não?

Sorte. Muitas vezes, quando ouvimos: “você deu sorte”, nos apressamos em dizer, quase sempre irritados, que não foi sorte, foi preparação, foi talento, foi trabalho, etc. Mas por quê? É ruim ter “sorte”? Claro, não estou dizendo que SOMENTE sorte irá produzir bons resultados. Em qualquer coisa, desde uma viagem de moto até a nossa carreira […]

Hoje estive na Europa… sem sair do Brasil!

Você com certeza já leu (ou ouviu) a frase: “Um pedacinho da Europa no Brasil…”, via de regra seguida por imagens fantásticas de determinada região turística, e/ou elogios nesse sentido.  Pois bem, hoje eu me senti em “um pedacinho da Europa”, mas não da Europa turística, de lindas paisagens e arquitetura milenar. Me senti na […]