16 °C São Paulo, BR
16 de setembro de 2021

Avalanche em Los Caracoles – Paso Cristo Redentor

O “Paso Cristo Redentor”, entre Argentina e Chile foi fechado no final de semana por conta de um deslizamento de terra e pedras na área dos Caracoles.

Na tarde de sexta-feira dia 08 de dezembro de 2018, lama e pedras tomaram parte da pista do corredor internacional no lado chileno e o tráfego de veículos para o Chile foi interrompido e continuará assim até que as autoridades consigam limpar a estrada.

Isto foi anunciado pelas autoridades que coordenam o Corredor Internacional, através de redes sociais oficiais. De acordo com o portal chileno Los Andes on-line, depois das 20 horas de sexta-feira “uma pequena enxurrada foi gravada em Los Caracoles”.

Segundo o Comitê de Operações de Emergência (COE) da província transandina de Los Andes “o evento ocorreu no quilômetro 95 na área da curva 5, o material do deslizamento bloqueou a estrada e fez parar de circular caminhões e carros que naquele momento estavam descendo a montanha (vejam no vídeo abaixo)”.

A partir daquele momento as equipes de manutenção partiram para limpar a estrada e evacuar os veículos que haviam ficado presos nas altas montanhas.

O Paso ficou fechado a noite de sexta-feira e boa parte do sábado para limpeza e o trânsito foi restabelecido, porém, ainda existe muita sujeira na pista e sugere-se bastante cautela ao transitar pelo trecho de Los Caracoles.

Fonte: diariouno.com.ar
losandes.com.ar
Tradução livre: Equipe TNE

Uma dica: antes de cruzar qualquer “paso andino” entre Argentina e Chile, sugerimos consultar o site http://www.pasosfronterizos.gov.cl/ a fim de confirmar as condições de trânsito dele. Muitos “pasos” podem fechar, mesmo no verão.

Artigos Interessantes

Hoje estive na Europa… sem sair do Brasil!

Você com certeza já leu (ou ouviu) a frase: “Um pedacinho da Europa no Brasil…”, via de regra seguida por imagens fantásticas de determinada região turística, e/ou elogios nesse sentido.  Pois bem, hoje eu me senti em “um pedacinho da Europa”, mas não da Europa turística, de lindas paisagens e arquitetura milenar. Me senti na […]