Uma das missões das fábricas de motocicletas é atrair clientes mais jovens para o “mundo em duas rodas”. Vorazes consumidores de tecnologia, muitos preferem o smartphone a uma moto. Nesta concorrida disputa com o mundo digital, as marcas apostam em produtos mais acessíveis, fáceis de pilotar e ligados a vida outdoor.

Prova disso é que, na última edição do Salão de Motos de Milão 2016, muitos lançamentos eram do segmento de aventureiras compactas. A Suzuki lançou a V-Strom 250, a BMW veio com a G 310 GS e a Honda mostrou a CRF 250 Rally. Mas foi a Kawasaki Versys X 300 que chamou a atenção de todos. Com porte imponente, o mesmo motor de dois cilindros paralelos que equipa a esportiva Ninja 300 e a naked Z 300, e rodas raiadas, a mini aventureira da Kawasaki convida a viajar. A boa notícia é que o modelo deve chegar ao Brasil em breve.

Conheça a Versys 300cc

Para atrair o jovem motociclista a Versys X de 300cc aposta em um design moderno, com linhas facetadas e um bom acabamento. A posição de pilotagem é praticamente a mesma das trails, com tronco ereto, joelhos flexionados e braços relaxados. Por falar em guidão, ele é largo e facilita manobrar em ambientes urbanos.

Quem gosta do ambiente outdoor contará com bolha alta para proteger do vento. O assento em dois níveis tem 800 mm de altura em relação ao solo. Para transportar as bagagens é possível usar esticador e ou instalar um baú, o bagageiro está pronto para isso. Seu tanque de combustível tem capacidade para 17 litros e, o fabricante declara que o consumo é de 24,4 km/litro. Em teoria, sua autonomia supera os 400 km.

O painel de instrumentos tem como destaque o enorme conta giros – com faixa vermelha nos 12.000 rpm. O velocímetro e outras informações estão no mostrador digital. Lá o piloto pode saber a quilometragem total, duas opções de quilometragem parcial (Trip A e Trip B) e autonomia residual.

Motor e ciclística

O coração do modelo já é um velho conhecido do motociclista brasileiro: motor de dois cilindros paralelos e 296cc de capacidade cúbica. O propulsor de Versys X 300 ganhou várias melhorias que resultaram em mais força em baixos e médios regimes de rotação. Mas, oferece os mesmos 39 cv de potência máxima de suas primas-irmãs.

A mini aventureira japonesa foi montada sobre um chassi fabricado em aço, no qual o motor faz parte da estrutura. A suspensão dianteira traz garfo tradicional e tubos de 41 mm de curso. Já a traseira tem um monoamortecedor a gás, fixado por links. O sistema de freios usa disco simples em ambas as rodas: 290mm (D) e 220mm (T) com auxílio do ABS. A Versys X 300 usa pneus de uso misto nas medidas 100/90-19 (D) e 130/80-17 (T).

Para saber se a Kawasaki acertou em sua aposta resta esperar a chegada do modelo ao Brasil. Tudo dependerá do seu preço e a estratégia comercial para mostrar aos jovens que rodar de Versys 300 no mundo real é mais legal do que viajar no mundo virtual.

Texto: Aldo Tizzani / Agência INFOMOTO
Fotos: Divulgação

Comentários

Comentários